quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013

Husky Siberiano

Husky Siberiano

O Husky Siberiano é um cão de porte médio, de extrema agilidade e muito vigoroso.

Originário da Sibéria, o Husky era usado como cão de tração, para puxar trenós.

O Husky Siberiano é muito popular nos Estados Unidos e no Canadá, é extraordinariamente dócil e carinhoso com todas as pessoas
Ficha da Raça
Raça Husky Siberiano
País de origem Estados Unidos da América
Nome orginal Siberian Husky
Grupo 5 Spitz e Tipos Primitivos
Utilização Cão de Trenó
Porte Médio
Necessidade de exercício diário Alta
Temperamento                           Dócil, Amigável, Gentil







sabias que ?
Este cão é considerado um dos animais mais inteligentes do mundo !







 

quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013




São Bernardo









    
São-bernardo
Nome originalSt. Bernardshund, Bernhardiner
País de origem suiça
Características
Classificação e padrões
Grupo: 2
Seção: 2 - Cães de tipo pinscher e schnauzer, molossoides, cães montanheses e boieiros suíços - molossóides tipo montanha
Estalão: #61








São-bernardo alemão:  St. Bernardshund) é uma raça canina natural dos Alpes suiço. Foi desenvolvida a partir de cruzamentos de antigos molossos "soldados" romanos levados à região pelas tropas de Roma. Sua sobrevivência foi garantidas graças aos monges, que, desde 1660, passaram a cria-los em um monastério chamado Hospice du Grand St. Bernard, localizado em um dos pontos mais altos daquelas montanhas e local por onde os viajantes passavam para cruzar os Alpes. De acordo com historiadores, o primeiro propósito do são-bernardo foi o de proteger a propriedades, seguido então das missões de resgate, que iniciaram-se no século xvIII. Era sua função encontrar vítimas soterradas e buscar auxílio junto aos monges caso o acidentado não pudesse mover-se. Fisicamente, foram cruzados a fim de se obter um cão robusto, de pelagem isolante e com um excelente faro, que pudesse trabalhar em situações rigorosas. De acordo com historiadores, as missões de resgate envolviam quatro caninos, nenhum deles usando o pequeno barril no pescoço conforme aparece em fotografias e filmes: ao encontrar um soterrado, dois cães deitavam-se ao lado dele para aquece-lo, um tentava reanima-lo lambendo-lhe a face e o último retornava ao monastério em busca de ajuda. Na sociedade humana e em meio a estes descritos "anjos dos Alpes" destacou-se Barry, um são-bernardo que salvou mais de quarenta pessoas ao longo de sua vida.
Como aconteceu com inúmeras raças na Europa durante as guerras mundiais, estes cães quase desapareceram e, para que não sumissem totalmente, foram cruzados com os terra-nova , o que fez com que surgisse sua variação de pelagem longa, ruim para salvamentos na neve, já que acumulavam neve e umidade. O fato de terem formado equipes de resgate os tornaram animais populares, aparecendo em filmes como Beethoven.














 





quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012

Chow Chow
Esta esplêndida raça, conhecida como spitz chinês em alguns países, está sendo muito difundida em todo o mundo.

O porte nobre e vistoso do chow chow, sua beleza indiscutível e sua pelagem exuberante, de cor singular provocam inevitavelmente a admiração de todos.

O chow chow é muito versátil, sendo utilizado em muitas funções com sucesso. É um valente guardião e defensor da casa, é ótimo guarda de barcos, é ótimo caçador de presas selvagens, além de um incansável cão de tração.

O chow chow é um cão equilibrado, de aspecto leonino, de porte orgulhoso e digno, leal mas reservado. É umcachorro ágil, compacto, curto e harmonioso em seu conjunto.
O chow chow tem um nariz grande e preto, seus olhos são escuros e pequenos, preferencialmente de formato amendoados.

As orelhas do chow chow são, pequenas, grossas e bem separadas entre si. Seu peito é amplo e profundo, seu dorso é curto, reto, forte e a cauda implantada alta, levada bem dobrada, apoiada na garupa.

A pelagem do chow chow é abundante, espessa, lisa reta, um pouco dura ao tato, com sub-pêlo suave e lanoso. Segundo o padrão da raça, a variedade de pêlo curto, com excessão da pelagem, é idêntica.

A altura mínima para a raça chow chow é de, cerca de 45 cm, entretanto a característica primordial do exemplar deve ser
Esta esplêndida raça, conhecida como spitz chinês em alguns países, está sendo muito difundida em todo o mundo.

O porte nobre e vistoso do chow chow, sua beleza indiscutível e sua pelagem exuberante, de cor singular provocam inevitavelmente a admiração de todos.

O chow chow é muito versátil, sendo utilizado em muitas funções com sucesso. É um valente guardião e defensor da casa, é ótimo guarda de barcos, é ótimo caçador de presas selvagens, além de um incansável cão de tração.

O chow chow é um cão equilibrado, de aspecto leonino, de porte orgulhoso e digno, leal mas reservado. É umcachorro ágil, compacto, curto e harmonioso em seu conjunto.
O chow chow tem um nariz grande e preto, seus olhos são escuros e pequenos, preferencialmente de formato amendoados.

As orelhas do chow chow são, pequenas, grossas e bem separadas entre si. Seu peito é amplo e profundo, seu dorso é curto, reto, forte e a cauda implantada alta, levada bem dobrada, apoiada na garupa.

A pelagem do chow chow é abundante, espessa, lisa reta, um pouco dura ao tato, com sub-pêlo suave e lanoso. Segundo o padrão da raça, a variedade de pêlo curto, com excessão da pelagem, é idêntica.

A altura mínima para a raça chow chow é de, cerca de 45 cm, entretanto a característica primordial do exemplar deve ser
Chow Chow
Other namesChow
Country of originInner Asia
Traits
WeightMale55 to 70 pounds(25 to 32 kilograms)
Female45 to 60 pounds (20 to 27 kilograms)
HeightMale19–22 in (48–56 cm)
Female18–20 in (46–51 cm)
CoatThick and coarse
ColorRed (light gold to deep red-brown)
Cinnamon (light tan to brown)
Black
Cream
Litter size3–6
Life span9–15 years
  Ficha da Raça
Chow ChowRaçaChow Chow
País de origemChina
Nome orginalChow Chow
Grupo 5Spitz e Tipos Primitivos
UtilizaçãoCão de Guarda e Companhia
PorteMédio
Necessidade de exercício diárioMédia
TemperamentoCalmo, Independente, Reservado, Leal
AdestrabilidadeMédia


Cão Leão                                                    
Raças de cães Pequeno Cão LeãoUm animal com as mesmas origens que o Bichon. O padrão foi definido no final do século XVI. Animais semelhantes foram concebidos e levados a partir da Bélgica. Uma pequena curiosidade: destes dois animais, o Bichon foi definido como Belga, enquanto a nossa outra raça Pequeno Cão Leal acabou por ser definida como Francesa.

Cão miniatura mas com um nível de inteligência bastante acima da média. Também é dotado de uma grande agilidade e é um animal cheio de carinho para dar. Basicamente, as suas aptidões fazem dele um belo cão doméstico, pois ele é muito danado para a brincadeira, muito vivo e até gostar de estar com outros animais. Apesar de ser um cão tão afável, acaba por ser tímido com estranhos
Como já foi dito, é um cão relativamente pequeno e o seu corpo não é assim tão musculado, fazendo-nos lembrar um Caniche. É por causa da sua cauda que lhe foi dado este nome, pois este termina numa ponta cheio de pêlo, o que nos faz lembrar um leão em miniatura. Na sua pequena cabeça encontramos um nariz proporcionalmente pequeno também e uns olhos pretos e redondos. Pelo seu olhar reparamos longo na inteligente que este animal possui. A famosa cauda deste cão tem um tamanho médio e como foi dito, tem um pequeno monte de pêlo na ponta.
Boxer
  
Nome originalDeutscher Boxer
País de origem Alemanha
Características
Classificação e padrões

Grupo: 2
Secção: 2 - Cães de tipo pincher e schnauzer, molossoides, cães montanheses e boieiros suíços 


Boxer (em alemão: Deutscher Boxer) é uma raça canina oriunda da Alemanha. Aparentemente foram gerados através de cruzamentos entre os brabants bulenbeisser da Bélgica e cães semelhantes de Danzig, ainda que se considere o buldogue inglês como um de seus antecessores. Estes caninos, os mais altos das raças de cara achatada, são considerados eternas crianças, embora desconfiados e cautelosos com estranhos. Segundo estudos, o boxer é, em pensamento e atitudes, uma criança de três anos, sendo considerado então a companhia perfeita para famílias ativas apesar da aparência de cão de guarda. O boxer, mesmo aparentando força no alto de seus 32 kg e 63 cm, é um cão de saúde frágil, que ocasionam em uma expectativa de vida abaixo da média: a caudectomia gera alterações nas vértebras do animal ao redor do osso sacro; o câncer vitima mais boxers que qualquer outra raça canina; sua face achatada gera dificuldades respiratórias; e as doenças cardíacas também são outra preocupação.

quarta-feira, 12 de Dezembro de 2012

Cão pequinês   nome original:rekringese

País de origem:Chinês                         
Pequinês é uma antiga raça de cão miniatura, originária da China. De acordo com lenda chinesa, este pequeno canino é o resultado de um amor impossível entre um leão e uma diminuta macaca. Com o auxílio do deus Hai Ho, o leão sacrificou seu tamanho por amor, nascendo assim o pequinês, bravo como pai, pequeno, inteligente e doce como a mãe. De concreto, sabe-se que esta raça existe há mais de 4 000 anos, embora tenha se tornado conhecida através da ascensão do Budismo, quando conquistou o estatuto de animal sagrado, sob a alcunha de "leão de Buda", e vivia isolado na Cidade Proibida. Todavia, em 1860, após saque feito ao Palácio Imperial por tropas britânicas, estes cães foram levados ao Ocidente. Dizem os registros históricos que apenas cinco destes animais sobreviveram ao massacre promovido pela realeza chinesa, que preferia ver seus bichos mortos a vê-los nas mãos de estrangeiros.
Sua personalidade é descrita como altiva e independente, o que representaria desafio para donos inexperientes. É especulado ainda que essa independência seja a razão para que o pequinês ocupe a posição 73 das 79 no livro A Inteligência dos Cães de Stally   Coren. Apesar disso, é considerado bom cão de alarme, ainda que também sejam conhecidos por ignorarem pessoas que não façam parte de seu dia-dia. Mas por outro lado, o cão é um ótimo companheiro e excelente para todas as idades.